Institucional

A Banda Marcial Juliana, do Colégio Estadual Júlio de Castilhos, de Porto Alegre, oferece aos seus integrantes o aprendizado da música e a prática de vários instrumentos musicais, mantendo ainda a escola Musical Juliana, proporcionando aos seus integrantes inserção no mercado de trabalho relacionado à música.

Trata-se de uma corporação musical comunitária, voltada à inserção social e mantida por contribuições espontâneas de ex-integrantes e amigos, da qual partiipam não apenas alunos do colégio, mas jovens e adultos de várias procedências, inclusive de outros municípios.

A Banda Marcial Juliana foi fundada em 1960 na Administração do professor Werner Kiel e por iniciativa do professor de Educação Física Rubens Souza Lima, o "Bruxo". 

 

Em 1962, com recursos do Grêmio Estudantil e da Secretaria Estadual da Educação chegou a contar com 120 instrumentistas, tornando-se uma das maiores e melhores bandas escolares do Estado. Entre 1964 e 1969, teve uma grande apoio do diretor da escola professor Antônio Magadan, conquistando o título de Campeã Estadual. 

 

Em 1972 a Banda emitiu seus últimos acordes e, como a maioria das bandas escolares de Porto Alegre, encerrou suas atividades, voltando a se reunir somente em 1984. 

 

Em 2006 a banda ressurgiu com o apoio do Diretor da Escola professor João Alberto Figueiró e da Fundação de Apoio ao Colégio Estadual Júlio de Castilhos de Porto Alegre, juntamente com o trabalho e recursos obtidos de um grupo de ex-integrantes da banda, ex-alunos e simpatizantes (Associação da Banda Marcial Juliana) que a mantêm, desenvolvendo um trabalho de inclusão social na escola através do ensino da música (Musical Juliana). 

 

Entre os anos de 2009 e 2016, sob a batuta do maestro Vainer Ramos, acumulou oito títulos máximos, nas duas associações estaduais (AGB e FEBARGS), conquistando dois troféus Banda Ouro,  um sul-brasileiro (CNBF) e um Nacional (ABMF). 

 

Julinho, Colégio histórico do RS, tem na sua Banda Marcial o alicerce para algumas gerações que se formaram na escola. Lá vivenciamos a camaradagem, disciplina, audácia, espírito cívico e tantas outras qualidades de caráter que fazem parte de nossas vidas até hoje.